terça-feira, 26 de julho de 2011

Van Halen: As Primeiras Experiências Com Teclado em 1984

De Whiplash!:

Por Rogerio Hamam | Em 26/07/11

A proximidade do lançamento do tão aguardado novo álbum do Van Halen com David Lee Roth nos vocais, traz uma excelente oportunidade de resgatarmos o último registro desta formação: o clássico “1984”, que vendeu mais de 10 milhões de cópias somente nos EUA, atingindo a posição de #2 no Top 100 da Billboard, onde permaneceu por 77 semanas.
Nota: 10

“1984” é também um marco na história do grupo, apresentando claras tendências pop, acentuadas com a inédita presença de teclados nas composições. Pianista em sua iniciação musical, Eddie Van Halen foi quem assumiu a tarefa, mostrando praticamente a mesma intimidade que o consagrou como mestre das seis cordas. A introdução instrumental, que leva o nome do álbum, é uma viagem com pouco mais de um minuto de efeitos de sintetizador, utilizados como parte do solo de baixo de Michael Anthony durante as apresentações ao vivo da banda.
 
 
Este trecho de abertura também prepara o ouvinte para o mega hit “Jump”, música mundialmente conhecida, que teve seu vídeo-clip exaustivamente repetido nos programas musicais da época. Destaque para o solo de guitarra que introduz o ainda mais magnífico solo de teclado, em um momento de rara genialidade. “Panama”, cuja letra menciona um carro e não o país da América Central, traz um riff marcante e mais alguns trechos de um Eddie Van Halen extremamente inspirado.
 
 
 
  
Outro vídeo-clip inesquecível do início dos anos 80 foi “Hot For Teacher”, que desta vez destacou o desempenho do irmão mais velho, Alex Van Halen e a histórica introdução que explora todos os recursos de sua bateria. “I´ll Wait” é mais uma bela composição que foi bastante executada nas rádios e mostra alguns traços de AOR. Este direcionamento gerou conflitos internos entre os integrantes, motivando a futura troca de vocalistas.
 
 
 
As faixas “Drop Dead Legs” e “Girl Gone Bad” mantêm a sonoridade hard rock característica do quarteto, remetendo ao início da carreira. Destaques para “Top Jimmy” que homenageia uma banda de rhythm and blues de Los Angeles e “House Of Pain”, sem dúvida, a composição mais pesada do disco.
 
“1984”, que integra a lista dos 200 álbuns definitivos indicados pela equipe do Rock And Roll Hall Of Fame, é um item essencial na discografia do Van Halen e obrigatório na coleção de qualquer amante de rock com qualidade, neste caso, indiscutível!

1. 1984
2. Jump
3. Panama
4. Top Jimmy
5. Drop Dead Legs
6. Hot for Teacher
7. I'll Wait
8. Girl Gone Bad
9. House of Pain

Nenhum comentário:

Postar um comentário