terça-feira, 7 de junho de 2011

Eddie Van Halen: Search And Destroy (Procurar & Destruir)

Da edição de julho de 2011 da Revista Guitar World e Site VHND:

Search and Destroy

Fotos perdidas no tempo e tiradas por trás da história da guitarra Ibanez Destroyer por Chris Gill.

Os guitarristas sempre vêm tentando duplicar o som indescritível de Eddie Van Halen - o brown sound (som marrom) do álbum de estréia do Van Halen, por ter ido para grandes comprimentos de construção de réplicas de sua marca de guitarra Frankenstein preto-e-branco, mas muitos ignoram o fato de que Eddie gravou cerca da metade do álbum com uma Ibanez Destroyer. O tom, a gordura pau deste em meados dos anos setenta, foram feitos por uma cópia de uma Gibson Explorer, e pode ser ouvida em "Runnin 'With the Devil", "You Really Got Me","Jamie's Cryin", "Feel Your Love Tonight" e "On Fire".

Ibanez Shark Destroyer - Em 1978 (Fotos): 
 
 
 
 
 
 
 
A guitarra Ibanez Shark Destroyer permitia Ed a criar efeitos sonoros que ele não poderia produzir sobre a guitarra Frankenstein, como raspar o metálico de alta-frequência na introdução de "Runnin 'With the Devil" (realizada ao passar os fios entre a ponte e parar o tailpiece) e o efeito da gagueira no solo com "You Really Got Me" (produzido por definir o volume de captação no pescoço em "0" e sacudindo a chave seletora de captação).

Eddie drasticamente tem modificado a sua Destroyer logo após a gravação do álbum Van Halen em 1978, ele arrancou um pedaço grande em formato de V do corpo abaixo da ponte. Enquanto Ed adicionava um novo visual da guitarra (apelidado de "the shark"), o experimento prejudicou o tom da guitarra.


Recentemente descobrimos fotos coloridas do Van Halen tocando no Night Club, em Hollywood e no Starwood em janeiro de 1977 - tomada por um fotógrafo que assistia ao rock, Marvin Rinnig - que revela que o Ed fez pequenas modificações para a guitarra antes de gravar o disco Van Halen. Enquanto a Destroyer fornecia com um acabamento de cor clara,
com acabamento de seu âmbar em luzes fazia o seu corpo Sen (cinza japonês) como a de uma Korina, Ed tinha o corpo, pescoço e headstock pintados de branco. Ele também substituiu a Gibson no estilo "top hat" com botões de uma Stratocaster e trocou a ponte original cromada para uma unidade banhado a ouro. Os captadores cromados cobertos pareciam ser fotografias, o que sugere que o segredo do som do Van Halen era mais sobre os dedos e não um mágico Gibson PAF humbucker.

Ibanez Shark Destroyer - Em 1980 (Fotos):

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 




Ibanez Shark Destroyer - Construção (Fotos): 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Colaboração: Simon Holanda, Ricardo 5150, Deco Koy, Eduardo Pinheiro.

3 comentários:

  1. Tem umas fotos bem maneiras ai, Humberto!

    Parabéns pela pesquisa e pelo post!

    ResponderExcluir
  2. Véi, notei 03 fotos em p&b que aparece a Charvel Destroyer ao invés da Shark guitar.

    Abraços! \o

    ResponderExcluir
  3. muito legao, fotografías gostosas..tanta creatividade en los 80's y 70s...agora solo merda.

    ResponderExcluir