segunda-feira, 21 de março de 2011

Van Halen: O Constrangedor Encontro de Eddie Van Halen Com o Nirvana

ST. PAUL, Minnesota - 10 de dezembro de 1993: O Nirvana se apresenta na Arena Roy Wilkins, em St. Paul, Minnesota. (Foto: Jim Steinfeldt / Michael Ochs Archives / GettyImages)

De Everybody Wants Some: The Van Halen Saga (Livro), Mais Pesado que o Céu - Biografia de Kurt Cobain e Whiplash.net:

Eddie Van Halen encontrou Kurt Cobain no fim de 1993 e não pareceu impressionado com o novo tipo de astro do rock. Eddie foi ao camarim do Nirvana em 30 de Novembro de 1993, no Great Western Forum, em Inglewood, Califórnia, e começou a alugar o baixista gigante, Krist Novoselic, insistindo que ele era tão alto que deveria jogar basquete. Depois Eddie naturalmente ofereceu um grande presente à mais nova sensação – ele queria juntar-se ao Nirvana no palco para uma jam. “Nós não fazemos jams, nós não somos esse tipo de banda”, disse Cobain. “Além disso, nós não temos nenhuma guitarra sobrando”.

Eddie levantou um polegar em direção ao segundo guitarrista do Nirvana, Pat Smear, da lendária banda de punk de Los Angeles, The Germs. “Deixa eu tocar a guitarra do Mexicano”, Eddie sugeriu. “Ele é o que? Ele é Mexicano? Ele é negro?”

Daí Eddie começou a cheirar um desodorante roll on, deixando um resíduo branco em seu rosto. Os outros no ambiente não viram um imigrante tímido, de ascendência indonésia e holandesa cuja vida tinha passado metade em torno de uma guitarra – eles só viram uma celebridade bêbada agindo como um baita cuzão.

“Foi horrível! Eu fiquei simplesmente chocado!”, disse Smear, que tinha Eddie como um ídolo. “Eu ficava pensando ‘Deus, Eddie Van Halen me odeia’”!

Atormentado pela bebedeira de Eddie e ofendido pelos insultos raciais direcionados a seu colega de banda, Cobain sugeriu que Eddie subisse no palco sozinho e tocasse “Eruption” depois que eles tivessem acabado o bis deles – o tipo de comentário que passa batido por idosos quadrados, especialmente os embriagados.

Não foi a primeira vez que a falta de inibição de um irmão Van Halen nos bastidores pareceu racismo patente. No fim dos anos 80, Alex encontrou com o guitarrista do Living Colour, Vernon Reid depois de um show, e de cara o insultou dizendo que não conseguia entender porque um homem negro sequer iria querer tocar guitarra.

“Sentindo-me bem do gueto”, Reid disse ao (jornal estadunidense) The New York Observer, ele ainda assim conseguiu invocar forças pra quebrar Alex, dizendo “Por que você não vai perguntar a seu irmão? Ele é um músico de verdade”. Eddie e Sammy Hagar tinham elogiado Reid nas páginas da revista Rolling Stone semanas antes.
Dave Grohl (baterista) usando uma camisa do Van Halen durante um show do Nirvana.

Segundo também um trecho do livro "Mais Pesado que o Céu - Biografia de Kurt Cobain":
"A diferença entre sobriedade e intoxicação nunca foi tão bem ilustrada quanto no dia 30 de dezembro, quando o Nirvana fez um show no Great Western Forum, perto de Los Angeles. O cineasta Dave markey estava gravando em vídeo naquela noite, e observou uma exibição de embriaguez tão extrema que desligou a câmera por piedade. E não era Kurt quem estava drogado — era Eddie Van halen. O famoso guitarrista estava nos bastidores, bêbado e de joelhos, suplicando a Krist que o deixasse participar da Jam session. Kurt chegou e ficou surpreso ao ver seu outrora herói desmoronando em sua direção com os lábios enrugados, como um Dean Martin tostado em um esquete malfeito de uma gangue de transviado. "Não, você não pode tocar conosco", anunciou Kurt, categórico. "Nós não temos guitarras extras."

"Van Halen não engoliu esta obvia mentira e apontou para Pa Smear, gritando: "bem, então me deixe tocar a guitarra do mexicano. O que ele é, ele é mexicano? Ele é negro?". Kurt não conseguia acreditar no que ouvia. "Eddie entrou naquela troça típica racista, homofóbica, reacionária", observa Dave markey. "Foi surrealista." "Na verdade, você pode tocar", prometeu ele. "Você pode entrar no palco depois do nosso bis. Simplesmente vá até lá e toque sozinho!" E saiu dali com raiva."   

Nirvana Live At The Great Western Forum, Inglewood, CA 30/12/1993:
Set-List:
01-Radio Friendly Unit Shifter
02-Drain You
03-Breed
04-Serve The Servants
05-Come As You Are
06-Smells Like Teen Spirit
07-Sliver
08-Dumb
09-In Bloom
10-About A Girl
11-Lithium
12-Pennyroyal Tea
13-School
14-Polly
15-Frances Farmer Will Have Her Revenge On Seattle
16-Rape Me
17-Territorial Pissings
18-Jesus Wants Me For A Sunbeam
19-The Man Who Sold The World
20-All Apologies
21-On A Plain
22-Heart-Shaped Box
23-Blew

.
Nirvana Live At The Great Western Forum, Inglewood, CA 30/12/1993 (Vídeos):
Nirvana - Radio Friendly Unit Shifter - Great Western Forum 12/30/93    

Nirvana - Radio Friendly Unit Shifter - Great Western Forum 12/30/93   

Nirvana - Drain You - Inglewood 1993     

Nirvana - Breed - Inglewood 1993        

Nirvana - Serve The Servants - Inglewood 1993    

Nirvana - Come As You Are - Inglewood 1993            

Nirvana - Smells Like Teen Spirit - Inglewood 1993     

Nirvana - Dumb - Inglewood 1993  

Nirvana - In Bloom - Inglewood 1993

Nirvana - About A Girl - Great Western Forum 12/30/93 

Nirvana - Lithium - Great Western Forum, Inglewood 1993  
  

Nirvana - Pennyroyal Tea - Great Western Forum 12/30/93  

Nirvana - School - Great Western Forum 12/30/93 
  

Nirvana - Polly - Inglewood 1993

Nirvana | Frances Farmer Will Have Her Revenge On Seattle (Live 1993) HD   
   

Nirvana - Rape Me - Inglewood         

Nirvana Territorial Pissings live Great Western Forum 12/30/1993 AMT#2   
     

Nirvana - Jesus Wants Me For A Sunbeam Live

Nirvana - The Man Who Sold The World - Great Western Forum, Inglewood 1993 

Nirvana The Man Who Sold The World live Great Western Forum 12/30/1993 AMT#2   

Nirvana - All Apologies - Great Western Forum, Inglewood 1993 

Nirvana All Apologies / On a Plain live Great Western Forum 12/30/1993 AMT#2   

Nirvana - Heart Shaped Box - Inglewood 1993  

Nirvana - Blew & Destruction - Great Western Forum, Inglewood 1993     

Nirvana live 12/30/1993 Destruction!!!    

2 comentários:

  1. Habia oido hablar de ese famoso encuentro, Eddie lo niega, al igual que nego lo de las M&Ms, pero para su mala suerte habia muchos testigos, ( Redd Kross, Sonic Youth )el dice que ni entro al forum, que estaba afuera esperando al tenista John McEnroe, pero no, todo lo que dices paso, le dijo que si era mexicano a Pat Smear, se pinto la cara para subir al escenario, para que no lo reconocieran el publico alternativo de Nirvana y lo fueran a insultar, y demas locuras propias de una persona borracha, pero te falto comentar la parte mas vergonzosa de ese encuentro, el momento en que Eddie...¡ Le dio un beso en la boca a Kurt Cobain !, sucedio eso, ¿ porque ?, eso si ya no lo se, pero paso, y para su mala suerte habia muchos testigos como los que mencione arriba, en fin, ambos ( Eddie y Kurt ) para mi son grandes.

    ResponderExcluir
  2. Hola Jaime!

    Me gustó su comentario, me pareció muy interesante y curioso, yo no sabía esta historia. Gracias por su participación activa en el blog. Aparecen siempre amigo! Gracias Jaime! Salud y paz amigo. Incluso más.

    ResponderExcluir