quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Van Halen: EVH e sua Técnica

Eddie não foi o inventor da técnica "two hands". Pra quem ainda não sabe, a técnica two hands consiste em tocar a guitarra usando-se as duas mãos no braço do instrumento. Já o tapping, usa-se o dedo indicador dando toques, batidas rápidas, em cima do traste.Eddie foi um verdadeiro revolucionário em se tratando do instrumento. Ele desenvolveu o sistema de micro-afinação, que simplesmente aterrorizava os guitarristas que muito usavam a alavanca antigamente.O sistema também apresentou a famosa trava no último traste do braço, antes do headstock, permitindo então, que se use a alavanca e que se tenha as cordas de volta na mesma posição inicial, sem desafinarem. Em meados de 1995, Eddie criou outro sistema patenteado como EVH D-TUNA, que consiste em facilitar a mudança de afinação da corda E (mi) para D (ré) sem a necessidade de interferir na tarraxa ou no sistema de micro-afinação.Eddie foi o primeiro a criar seu próprio shape de guitarra e a fazer experiências com captadores, chegando ao ponto de ele mesmo rebobinar os fios da bobina do captador e até mergulhá-los em parafina, a fim de se evitar a microfonia. Eddie provou que não se tem o melhor som de guitarra com um maior número de captadores na mesma.Extremamente perfeccionista, Eddie queria um som de Les Paul no corpo de uma Stratocaster. Isso por ele dizer que seu corpo não se encaixava ou se adaptava ao corpo de uma Les Paul, e também por achá-la muito pesada.Foi assim que Eddie chegou na sua mais famosa e bizarra experiência: a guitarra Frankenstrat. A Fender recentemente lançou um lote de réplicas da famosa Frankenstrat.Detalhe interessante, é que as réplicas vêm de fábrica com os mesmos "defeitos" e gambiarras da Frankenstrat original de Eddie: as queimaduras de cigarro no headstock, os ralados e esfolados, o captador single coil desligado próximo ao braço, o buraco do captador single coil do meio aberto, o escudo recortado, um botão único somente para volume e a moeda fixada no corpo da guitarra nivelando o Floyd Rose.Se os atuais deuses da guitarra usam e abusam de tais tecnologias e opções, que agradeçam ao gênio Eddie Van Halen. Além de tudo isso, Eddie foi sem dúvida o guitarrista mais influente dos últimos tempos , assim como o "tapping" e a técnica de digitação como muitos dizem, mas foi quem as popularizou.Técnica:
A abordagem de Edward Van Halen na guitarra envolve inúmeros componentes distintos. Seu inovador uso do tapping, harmônicos naturais e artificiais, sistema de alavanca, e palhetada de velocidade – combinados com sensibilidade rítmica – influenciaram uma geração inteira de guitarristas.
Colaboração: Ricardo 5150.

Van Halen: EVH Factory

A Guitarra Frankenstrat:Na verdade Eddie Van Halen queria um som de Les Paul no corpo de uma Stratocaster. Isso por ele dizer que seu corpo não se encaixava ou se adaptava ao corpo de uma Les Paul, e também por achá-la muito pesada. Foi assim que Eddie Van Halen chegou na sua mais famosa e bizarra experiência: A Guitarra Frankenstrat.



Video:


A Guitarra Kramer 5150:Eddie Van Halen é um dos maiores mestres da guitarra e, nos anos 80, ajudou a popularizar as guitarras Kramer. Contudo, algumas de seu arsenal tornavam-se verdadeiros “Frankensteins” por causa das alterações realizadas nos modelos, que eram estilizados e envenenados (trocava braço, captadores, etc), sempre em busca de uma sonoridade melhor e mais original.




Video:


A Guitarra Ernie Ball/Music Man:Em 1990, Eddie Van Halen desenhou e projetou a Ernie Ball/Music Man, um protótipo perfeito mas que teve o custo extremamente elevado. Em meados de 1995, Eddie criou ainda o sistema EVH D-TUNA, que consiste em facilitar a mudança de afinação da corda E (mi) para D (ré) sem a necessidade de interferirmos na tarraxa ou no sistema de micro-afinação.
Video:


A Guitarra Wolfgang:A fim de solucionar esse problema do custo extremamente elevado da guitarra Ernie Ball/Music Man, Eddie Van Halen desenvolveu a guitarra que é considera perfeita, a Wolfgang, que a usa desde 1995 - Atualmente. Eddie Van Halen foi o primeiro a criar seu próprio shape de guitarra e a fazer experiências com captadores, chegando ao ponto de ele mesmo rebobinar os fios da bobina do captador e até mergulhá-los em parafina, a fim de se evitar a microfonia. Eddie Van Halen provou que não se tem o melhor som de guitarra com um maior número de captadores na mesma. Video:


Colaboração: Ricardo 5150, Érico Salutti.